ESPECIAL SUPLEMENTOS:

POR QUE EMAGRECEDORES DA MODA NÃO FUNCIONAM (GOJI BERRY, GREEN COFFEE, MORINGA ETC…)

POR QUE OS EMAGRECEDORES DA MODA NÃO FUNCIONAM!

GOJI BERRY
GREEN COFFEE
MORINGA

A indústria de suplementos vende cápsulas com ingredientes que, apesar de populares, NÃO EMAGRECEM.

Por Sabrina C. Torres, RJ
Publicação: 15/08/2018 – Atualizado há 3h

Se você já comprou algum emagrecedor (que prometia verdadeiros milagres) e ficou decepcionada com os resultados, não se preocupe, pois neste artigo vamos explicar exatamente o porquê.

Febres de suplementos emagrecedores são mais comuns do que você imagina. Muitas pessoas caíram na onda do goji berry, por exemplo, e pagaram caro por um suplemento que não é feito para emagrecer (apesar de ter sido vendido como tal).

Afinal, o goji berry é apenas um antioxidante. E apesar de ajudar a equilibrar o organismo e aliviar inflamações, ele não é capaz de queimar gordura, tampouco de fazer as pessoas emagrecerem 30 quilos ou mais, como nas fotos de antes e depois presentes nos sites que vendem o produto.

FEBRE NACIONAL: o goji berry, apesar de ser apenas um antioxidante, é vendido como emagrecedor no Brasil.

Esse é o verdadeiro segredo da indústria de suplementos: ela se apropria de um ingrediente da moda (que às vezes nem mesmo serve para emagrecer) e o promove como se ele fosse a grande chave para a boa forma.

O resultado disso é gente gastando dinheiro de mais e emagrecendo de menos. Não existe milagre.

Contudo, se não há milagre, existem boas soluções também.

Continue lendo e você vai aprender a não ser mais ludibriada pela indústria de suplementos e descobrir quais são os três elementos fundamentais para a perda de peso real (sem eles é comprovado que NÃO há emagrecimento).

EXTRA: Descubra também uma opção que pode facilitar muito a sua vida!

 

POR QUE OS SUPLEMENTOS EMAGRECEDORES NÃO FUNCIONAM – OU TRAZEM POUCO RESULTADO?

CIÊNCIA COMPROVA: um único ingrediente não é capaz de promover o emagrecimento consistente.

O grande problema dos suplementos emagrecedores atuais é que eles são produzidos com apenas um ingrediente.

Goji berry, green coffee, moringa… Você já reparou que todos esses suplementos que prometem emagrecimento rápido são baseados em um único ingrediente?

A verdade é que um único ingrediente não é capaz de resolver o problema do excesso de peso do seu organismo, por mais que o marketing do produto se esforce em provar o contrário.

Logo os usuários se frustram e migram para o próximo emagrecedor da moda, que apresenta um ingrediente “inovador”.

 

O QUE É PRECISO PARA EMAGRECER DE VERDADE (COM OU SEM SUPLEMENTOS)?

Para emagrecer de forma permanente, você precisa, obrigatoriamente, combinar os três elementos abaixo:

#1 Gastar mais calorias

#2 Consumir menos calorias

#3 Controlar as inflamações

 

1- GASTAR MAIS CALORIAS (ACELERAR O METABOLISMO)

1- GASTAR MAIS CALORIAS
(ACELERAR O METABOLISMO)

O primeiro ponto, gastar mais calorias, é fácil: basta acelerar o metabolismo, seja por meio de atividades físicas ou de suplementação.

Há no mercado bons suplementos termogênicos, capazes de acelerar, de fato, a queima de gordura no corpo.

No entanto, apenas um termogênico não vai garantir que você perca peso de forma expressiva sem correr risco do efeito sanfona.

Isso porque não basta gastar mais calorias, é preciso consumir menos também.

O green coffee, por exemplo, é um termogênico razoável, mas não é capaz de reduzir o apetite a ponto de garantir uma perda de peso consistente.

Por via de regra, mulheres sofrem com compulsão por doces, e o termogênico não vai ajudar com isso. Então de nada adianta gastar dinheiro com termogênicos se você vai ficar passando fome e comendo o que não deveria.

 

2- CONSUMIR MENOS CALORIAS (REDUZIR O APETITE)

2- CONSUMIR MENOS CALORIAS
(REDUZIR O APETITE)

Isso nos leva ao segundo ponto. Para perder peso, você precisa reduzir o consumo de calorias.

Os suplementos que ajudam a dar sensação de saciedade ou que bloqueiam a absorção de gordura (a quitosana, por exemplo) ajudam bem nisso. Mas sozinhos são insuficientes para fazer você emagrecer de vez.

Isso porque as fibras, apesar de ajudarem a promover a sensação de saciedade e reduzir a absorção de gordura, não contribuem em nada para acelerar o metabolismo ou corrigir o inchaço e inflamações, por exemplo.

Ou seja, você até chega a consumir menos calorias, mas passa a gastar menos também. No fim você não perde peso e, pior, pode até ganhar uns quilinhos extras.

 

3- CONTROLAR INFLAMAÇÕES (ANTIOXIDANTE / DETOX)

3- CONTROLAR INFLAMAÇÕES
(ANTIOXIDANTE / DETOX)

O item 3 da lista é muito importante nos dias de hoje, apesar de pouquíssima gente dar atenção a ele.

Por conta de nosso estilo de vida atual (que inclui uma rotina estressante, alimentação inadequada, poluição do ar e do meio ambiente, entre outros), nosso organismo se vê em um estado de inflamação crônica constante.

E é importante deixar algo claro aqui: não é possível emagrecer de forma expressiva se o seu corpo está inflamado.

Portanto, se você sente-se constantemente inchada ou com retenção de líquidos, muito provavelmente tem inflamação crônica e dificuldade para emagrecer.

Nesse caso, não adianta tomar termogênicos ou suplementos de fibras, porque seu corpo simplesmente não vai queimar gordura.

A solução para quem sofre com desequilíbrios no organismo são os antioxidantes e desintoxicantes.

Bons antioxidantes são capazes de restaurar o equilíbrio do corpo, reduzindo inchaço e inflamações, bem como a retenção de líquidos.

Por outro lado, só tomar antioxidantes eliminará o inchaço, mas não vai acelerar a perda de gordura. Seu corpo acabará perdendo peso em água, mas você provavelmente continuará com excesso de gordura.

 

3 OPÇÕES PARA RESOLVER ESSE PROBLEMA

O único jeito de emagrecer de forma permanente, sem correr o risco do efeito sanfona, é atacar os três pontos ao mesmo tempo.

 

OPÇÃO 1

A primeira opção é mudar seu estilo de vida. Você deve incluir uma atividade física na sua rotina para garantir a aceleração do metabolismo e adotar uma alimentação menos calórica. E esta alimentação deve incluir mais alimentos antioxidantes, para desinflamar seu corpo.

O PROBLEMA:

O problema dessa opção é que pouca gente consegue se manter firme nos exercícios e na dieta.

Ou então só conseguem levar a sério ou a dieta ou os treinos, não os dois ao mesmo tempo. E nesse caso continuam sem ver resultados palpáveis e sofrem constantemente com o efeito sanfona.

 

OPÇÃO 2

Outra opção para resolver essa dificuldade é comprar três ou quatro suplementos que garantam tudo o que você precisa: um termogênico, um bloqueador de gorduras, um antioxidante e um suplemento para reduzir o apetite ou a compulsão alimentar.

O PROBLEMA:

O problema dessa alternativa é que ela não é barata. Comprar bons suplementos custa cerca de 400 a 500 reais por mês.

Sem falar na dificuldade de se encontrar suplementos legítimos, já que a maioria deles conta com um marketing muito agressivo e ingredientes de segunda linha (mais em conta).

 

OPÇÃO 3

Há pouco tempo havia apenas essas duas opções para quem quisesse emagrecer de forma mais consistente.

No entanto, foi lançada no mercado uma terceira alternativa que se mostrou uma opção bastante satisfatória (saiba mais pelo link abaixo ↓)

 

Copyright 2018 SuperCiência.Net®. Todos os direitos reservados.

Copyright 2018 SuperCiência®.
Todos os direitos reservados.